delegar

Gestão de pessoas: Delegar tarefas é preciso

Posted on Posted in Comunicação, Gestão, Marketing

Gestão de pessoas: Delegar tarefas é preciso para que o negócio evolua

Constantemente me deparo com clientes que possuem grande dificuldade em delegar tarefas. Nem sempre se dão conta de que a gestão de pessoas esse é um gargalo de tempo e que prejudica não só o desenvolvimento de sua própria equipe mas também barra o processo de atendimento e crescimento de seu próprio negócio.

Quando lidamos equipe e gestão de pessoas precisamos entender que elas possuem particularidades, dificuldades, medos, desejos, necessidades (da mesma forma como precisamos conhecer os nosso clientes também precisamos conhecer nossos clientes internos) e principalmente tempo para aprendizado e centralizar as tarefas, principalmente operacionais, demanda tempo da liderança e tempo é dinheiro.

Conhecer a capacidade individual dos colaboradores e atribuir funções é responsabilidades do líder, que muitas vezes por medo de um erro ou retrabalho prefere ele mesmo fazer ou acompanhar do que delegar.

Orientar e delegar progressivamente é a melhor forma de deixar o colaborador seguro e preparado para realizar as tarefas, utilizando a premissa de treinamento.

 

PASSO 1 – Eu faço e você vê.

PASSO 1 – Eu faço e você me ajuda.

PASSO 1 – Você faz e eu te ajudo.

PASSO 1 – Você faz e eu vejo.

 

Por mais simples que sejam, os 4 itens acima faz toda a diferença na gestão das pessoas, nos treinamento de rotinas e na implementação de novos processos e essa é a melhor forma de instruir o colaborador e delegar.

O cenário ideal para uma equipe de alto desempenho e eficaz é que todos trabalhem os processos e as rotinas sem necessidade e interferência do gestor ou líder e por mais que seja difícil, delegar é preciso para o crescimento e para a autonomia do negócio.

É claro que quando algo foge da rotina, o papel do líder é desenrolar a situação e apontar orientar os colaboradores como o fez e o que foi levado em consideração para a resolução.

Permitir o erro de forma controlada também é uma forma de dar autonomia para a equipe, que somente realizando as tarefas e pensando o processo terá a independência tão desejada que todo líder, gestor ou empreendedor deseja para o seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *